TUDO SOBRE A RAÇA

BULDOGUE FRANCÊS

guia racas buldogue frances

Essa raça de cachorro conquistou legiões de fãs por causa de sua cara amassada, bochechas gordinhas, aquele ronco característico, corpo musculoso e a pelagem lisa e brilhante, além da principal característica que são suas orelhas em pé.

Pequeno, compacto e caçador de ratos, seus primeiros tutores foram açougueiros.

O Buldogue Francês tem uma longa história como cão de companhia.

Criados na Inglaterra para serem uma miniatura de Buldogue (no auge da Revolução Industrial), eles acompanharam os costureiros ingleses na mudança para França onde receberam o apelido de “Frenchie”.

A raça é extremamente afetuosa e hoje é uma das mais procuradas para companhia.

Muito leal aos donos é uma ótima companhia para quem mora sozinho ou convive com crianças pequenas em casa.

Assim como todos os cães com focinho achatado, costuma roncar bastante, quase que o tempo todo.

Vamos conferir a ficha do Frenchie:

Tranquilos, companheiros e sempre muito carinhosos com os tutores.

Origem

O Buldogue Francês é uma raça de cachorro originária da Inglaterra e popularizada na França.

História da raça

O Buldogue surgiu de diversos cruzamentos, entre raças como os Alanos e os Dogues.

O primeiro padrão da raça ocorreu em 1898, sendo modificado nos anos de 1931, 1932 e 1948. E, finalmente, a última modificação no padrão ocorreu em 1994.

O Buldogue Francês era usado como cão de caça por açougueiros e mercadores de vinho. Sua presa principal eram os inúmeros ratos.

Séculos depois, tornou-se o cão preferido da alta burguesia francesa.

A raça Buldogue Francês pertence ao grupo 9, designado aos cães de companhia.

Características comportamentais

Os cachorros da raça Buldogue Francês são muito brincalhões e espertos. Da mesma forma, esse cão é muito afetuoso com seu dono e, principalmente, com crianças, mesmo as mais travessas.

Embora tenha o aspecto rabugento, é também muito amigável com outros cachorros ou animais de estimação.

Adora passear com seus donos e detesta ficar sozinho.

buldogue frances campo flores

Características físicas

Quanto ao tamanho, o Buldogue Francês pode alcançar dos 29 aos 35 cm. O peso dessa raça pode variar dos 8 aos 14 kg em média.

Quanto à pelagem, esta é lisa, curta e bem macia. Sua cor pode variar entre fulvo, tigrado ou não, com ou sem manchas brancas. Outras cores são consideradas proibidas de acordo com o Club du Bouledogue Francais devido a variações genéticas que além de estarem fora do padrão determinado para a raça, possuem diversos problemas de saúde relacionados a essa variação.

Já os olhos são bem grandes e redondos, com coloração escura, um pouco protuberantes.

O Buldogue Francês ronca e tem predisposição para babar.

buldogue frances cores dogvibe

Expectativa de vida

O Buldogue Francês pode viver em média de 9 a 11 anos.

Aptidões

É uma raça que possui como principal aptidão caçar.

Curiosidade

Particularmente um dos charmes do Buldogue Francês são suas orelhas de morcego, uma das características mais marcantes, mas você imagina que elas poderiam não existir hoje? Elas vieram de cruzas realizadas por americanos.

Chegou a hora de justificar o título de “queridinho das celebridades”:

Desde que chegou na França, o Buldogue Francês caiu nas graças de artistas e da alta sociedade. Com os anos, a fama chegou aos Estados Unidos, e em 1898 foi realizado em Nova Iorque um evento especial para o Buldogue Francês, com direito a presença da imprensa.

Até hoje a raça é querida na América e celebridades como Lady Gaga e Leonardo DiCaprio sempre foram grandes fãs.

Além de companheiros, eles já foram excelentes caçadores, mas hoje seu trabalho se baseia em serem fabulosos com os amigos e família.

buldogues franceses olhando petisco

Mesmo sendo morador de apartamento ou pai de animais de estimação pela primeira vez, você vai adorar esta raça afetuosa.

Devido às limitações respiratórias e sua estrutura, eles não sabem e nem conseguem nadar, por isso os tutores devem ter cuidado redobrado nesse quesito.

O Buldogue Francês é da categoria dos braquicefálicos, o que faz sua resistência e sua capacidade respiratória diminuir bastante, portanto se o cão for muito ativo, muitos cuidados devem ser tomados. Os franceses são propensos a problemas respiratórios em climas quentes ou úmidos.

Precisa de muita atenção, às vezes são possesivos, mas também são os melhores companheiros. Eles realmente vão ficar no seu pé o dia inteirinho.

blog 2