Cuidados

Saiba quais as principais doenças de pele em cachorro

Você sabia que doenças de pele em cachorro podem se manifestar mesmo que seu animal esteja com o pelo bem cuidado? Mesmo que o pelo esteja muito macio e brilhante, isso não significa que a pele do cão está saudável.

Além de cuidar da pelagem do seu pet, você precisa ficar atento ao que acontece abaixo dela. Por isso, neste post vamos falar sobre as doenças que podem afetar a pele dos cachorros.

Você conhecerá algumas delas e seus sintomas, e aprender a identificar esses problemas no começo para procurar a ajuda do veterinário. Acompanhe!

Sobre as doenças de pele em cachorro

As doenças de pele em cachorro podem se manifestar por conta de diversos fatores. Por causa disso, elas também variam em gravidade e nem sempre são um problema difícil de combater. Na verdade, muitas vezes o tratamento é bastante simples.

O que acontece é que essas manifestações precisam ser identificadas o quanto antes para evitar que se estendam pelo corpo do animal. Além disso, quando não tratadas, elas podem gerar complicações, aí sim será necessário um tratamento mais intensivo.

Por isso, mesmo que seu cachorro tenha um pelo bonito, sempre observe o que está acontecendo abaixo dele. Quando for dar banho e penteá-lo, observe as condições da pele para identificar os primeiros sintomas de uma possível doença.

Alguns tipos de doença de pele canina

Para que você saiba se a pele do seu cachorro está saudável é importante conhecer os sintomas que as doenças desencadeiam. Assim como esses problemas têm origens diversas, as reações que provocam também são diferentes.

A seguir, veja algumas doenças de pele em cachorro que ocorrem com mais frequência. Leia atentamente para conhecer cada uma delas e aprender a identificar essas condições.

Sarna

A Sarna é provocada por um ácaro que se aloja na pele do cachorro. Apresenta-se em dois tipos.

Sarna demodécica

O principal sintoma é a queda de pelo próximo aos olhos do cachorro. Ela também desencadeia coceira e pode se espalhar pelo corpo do pet. Esse tipo de sarna não é transmitido para os seres humanos.

Sarna sarcóptica

Mais grave que a primeira, esse tipo de sarna tem como sintomas prurido, perda de pelo, formação de crostas na pele e vermelhidão. Essa doença é considerada uma zoonose porque pode ser transmitida para os seres humanos.

Micose

É provocada por fungos e pode ser transmitida tanto para seres humanos quanto para outros animais que convivem com o cão. O sintoma principal é uma lesão avermelhada que provoca a perda do pelo e vai aumentando de tamanho conforme o tempo passa. Essa é uma das doenças de pele em cachorro que se manifestam quando o sistema imunológico está baixo.

Piodermite

Complicação que acontece quando outras doenças de pele em cachorro se manifestam e não são tratadas do jeito certo. A piodermite é uma infecção provocada por bactérias e que manifesta lesões caracterizadas por pele avermelhada com a presença de pus.

Dermatite alérgica

A dermatite alérgica pode ser provocada até mesmo por produtos que você usa para dar banho no seu pet. Também é desencadeada pelo contato com substâncias químicas, como produtos de limpeza. Seus principais sinais são a coceira, pele avermelhada e inflamações.

Tratamento para doenças nos cães

Sempre que você notar alguns sintomas no seu cão, é importante procurar um veterinário. Apenas ele pode identificar o tipo de doença de pele para indicar o tratamento certo.

Em alguns casos, pode ser indicado apenas um shampoo específico; em outros, são  antifúngicos, anti-inflamatórios ou antibióticos. Então, é sempre importante identificar os problemas no começo para que o tratamento seja o mais simples possível.

As doenças de pele em cachorro são muito comuns, por isso você precisa estar atento ao que acontece com o seu pet. Não se esqueça de, sempre que perceber algo diferente, procurar um veterinário para evitar que um problema simples se torne uma complicação mais grave.

Continue aprendendo a cuidar bem do seu pet com as nossas dicas. Siga nossos perfis no FacebookInstagram e YouTube para ficar de olho nas novidades!

 

Posts Relacionados

3 comentários em “Saiba quais as principais doenças de pele em cachorro

  1. Raquel disse:

    Já passamos por isso aqui em casa. Laka tinha uma alergia que o pelo caía e também ficava cheia de machucados. Depois de muitos remédios, descobrimos que gera alergia alimentar a frango. Agora ela está super bem ! Esse artigo deu dicas muito valiosas pra quem passa pelo problema.

  2. Lorena Lisboa disse:

    Não conhecia algumas dessas doenças de pele.
    Ficar sempre de olho nos peludos e crucial.

  3. Vângela Silva Queiroz disse:

    Nem sempre levo minha pug pra tomar banho no Pet Shop por conta do meu trabalho que me prende o dia inteiro; então dou banho em casa mesmo. Mas percebo que não consigo seca-lá adequadamente e tenho medo de dar alguma coisa na sua pele. Uiii… Deus me livre. Valeu pela postagem… vou ficar de olho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *