Cuidados

O que você precisa saber sobre resgate de animais?

Você já se deparou com algum animal na rua e ficou sem saber o que fazer para ajudá-lo? Infelizmente essa é uma cena bem comum nas grandes cidades. Por isso, é importante que o assunto sobre resgate de animais seja de conhecimento geral, a fim de garantir que você consiga fazer o melhor pelos peludos nessa situação.

Quando encontramos um cachorro que está devidamente identificado com uma tag contendo as informações sobre sua família, fica muito mais fácil saber o que fazer. Mas e quando se trata de um animal abandonado?

Resgatar animais é um ato cheio de amor ao próximo e cuidado com os seres indefesos. Pensando nisso, preparamos um post com tudo que você precisa saber sobre o assunto e como agir. Confira!

Afinal, o que fazer ao resgatar um animal?

Existem várias ONGs que trabalham realizando resgate de animais, cuidando, vacinando e deixando-os prontos para receber o amor de uma família. Essas instituições costumam sobreviver com as doações que recebem. Afinal, todos esses cuidados com os animais demandam um valor, seja com idas ao veterinário, ração ou qualquer outro cuidado necessário.

Mas sabia que você também pode resgatar um animal? Para ajudar, separamos algumas dicas sobre o que fazer nesses casos.

Ganhe a confiança do animal

Você não sabe pelo que o cachorro já passou. Além de assustado, ele pode estar doente, machucado ou ter sido maltratado, o que costuma deixar o animal mais arisco. Então é preciso ter cuidado e muita paciência para conseguir se aproximar.

Considerando que ele provavelmente está faminto, a melhor forma de conseguir se aproximar é oferecer comida, petisco ou qualquer coisa bem cheirosa e apetitosa. Jogue longe de você e deixe que ele se aproxime no seu tempo (sem pressa!), conforme se sentir mais confortável. Abaixar-se ou sentar ajuda muito também, pois essa posição é menos ameaçadora.

Conforme o animal for demonstrando mais confiança e se aproximando, tente fazer carinho no peitoral dele, mas deixe que ele cheire sua mão ou braço antes, isso é muito importante! Outra dica é não começar com carinho direto na cabeça, pois ele pode se sentir intimidado e querer morder você.

Leve ao veterinário e busque um lar temporário

Quando conseguir se aproximar o suficiente, tente colocar a guia nele, mas se ele resistir, não insista, ou todo trabalho de aproximação será em vão! Se ele estiver machucado, pegue-o com um pano ou cobertor para evitar que se machuque ainda mais.

É importante levá-lo ao veterinário o mais rápido possível para saber sobre o estado de saúde do animal, identificar a idade, além de vacinar e cuidar de pulgas e carrapatos. Esses são os cuidados básicos para garantir o bem-estar dele.

Se você não tiver condições de ficar com ele até encontrar uma nova família, procure um lar temporário, ou seja, alguém que possa cuidar do dog até que ele seja adotado definitivamente por alguém.

Encontre uma família para o peludo

Depois de ter certeza que o animal está saudável e pronto para ser amado por uma família, é hora de começar as buscas por alguém que proporcione um lar cheio de amor, brincadeiras e alegria para ele. Você pode criar anúncios na internet, pedir a ajuda de conhecidos, ir a feiras de adoção ou procurar a ajuda de ONGs para divulgação.

É importante que você seja muito sincero sobre o temperamento do cão e suas peculiaridades. Ou seja, se ele não se dá muito bem com outros animais, por exemplo, deixe essa informação bem clara, para que não haja a possibilidade de ele ser abandonado novamente por não se adaptar ao novo lar.

Seguindo essas dicas, com certeza você vai proporcionar uma vida cheia de rabos abanando e muita alegria para eles, reforçando ainda mais a importância do resgate de animais.

Aqui na Dog Vibe, temos um projeto chamado Vibe do Bem, que junta doações de pessoas do Brasil todo para ajudar nos cuidados necessários para recuperar a saúde dos debilitados e manutenção da saúde dos que já passaram por essa etapa. Nos orgulhamos de estar ajudando de alguma forma as instituições que precisam muito de nosso apoio. Você pode ajudar a instituição do mês agora mesmo! Acesse a página e confira como!

Agora, se você encontrar um cachorro abandonado, já vai saber o que fazer, certo? Então confira também nosso post sobre o que é necessário ter em casa para receber um cachorro na família!

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *