Cuidados

Afinal, será que seu pet está precisando de um psicólogo de cachorro?

Todo cachorro tem uma personalidade própria. Alguns são mais agitados, outros são mais tranquilos; alguns adoram viver cercados de pessoas e animais, outros são mais individualistas. Cada pet tem a sua vibe e é isso que os faz tão incríveis.

Mas o que acontece quando esse jeito de ser muda de repente? Talvez o seu amigo esteja passando por algumas questões na cabeça dele. Nessas horas, um especialista pode ser de grande ajuda.

Neste post, você vai descobrir se o seu companheiro precisa de um psicólogo de cachorro. Acompanhe!

O que é um psicólogo de cachorro?

Primeiramente, vamos aprender um pouco mais sobre esse profissional. O psicólogo de cães é um expert em comportamento animal e psicologia canina. Eles auxiliam tanto veterinários quanto criadores a entenderem mais sobre esses seres tão espetaculares.

Essa profissão pode parecer “boba” para quem não a conhece, mas o fato é que os cães também sofrem de depressão, ansiedade, pânico e estresse. Assim como nós, eles também precisam de ajuda para ter uma saúde mental excelente!

Geralmente, o acompanhamento psicológico é feito onde o cão mora. Na consulta, conte tudo o que está acontecendo e, se possível, mostre esse comportamento estranho em ação. O especialista vai recomendar algumas mudanças na sua rotina. É importante que você se coloque à disposição para colaborar. Lembre-se de que tudo isso é para o bem do seu melhor amigo.

Essa alteração deve ser permanente e não apenas até que o seu parceiro melhore. É como tomar remédio: você deve seguir a orientação do médico à risca e não parar por conta própria quando os sintomas acabarem. Senão, os problemas vão retornar e podem nunca se resolver.

Quais sintomas mostram que o cão precisa de ajuda?

A mudança repentina de comportamento é o principal indicativo. Se o seu amigo, por exemplo, era bem calmo e passou a latir sem parar por nenhum motivo, isso pode ser mais do que apenas uma fase.

Outro indicativo é a apatia. Digamos que o seu companheiro fique o tempo todo no canto dele. Você pode dar o brinquedo mais legal do mundo e, mesmo assim, ele não se importa. O seu amigo não quer saber de comer e vive se escondendo.

A agressividade também é um dos sinais. O seu parceiro fica assustado com facilidade e faz de tudo para se defender daquilo que parece perigoso rosnando excessivamente.

Quais podem ser as causas desses problemas?

Caso o seu companheiro passe muito tempo sozinho em casa, a saudade pode deixá-lo ansioso e agitado. Alguns problemas de comportamento podem acontecer, como roer os móveis, destruir objetos, fugir repetidamente, fazer as necessidades fora dos locais corretos ou, até mesmo, ser violento.

Existem algumas situações que podem fazer com que o seu amigo se sinta rejeitado ou deslocado. Alguns exemplos são a chegada de um bebê na família, um hóspede ou um novo animal, alterações na rotina dos donos, mudança de casa, entre outros.

Se você adotou o seu pet, ele deve ter vivido algumas situações bem tristes de maus tratos. Isso pode ter deixado traumas além de sintomas de depressão canina.

Como escolher um bom psicólogo de cães?

O psicólogo de cachorro é o profissional ideal para lidar com todos esses problemas que citamos, já que ele vai investigar todas as causas possíveis e oferecer a ajuda necessária.

Para escolher um bom especialista, é preciso:

  • conversar com o seu veterinário: ele pode encaminhar para o psicólogo mais preparado para lidar com a situação;
  • buscar indicações: com outros donos de cães que tenham passado por isso ou, inclusive, em grupos especializados na internet;
  • checar o histórico do profissional: geralmente, os psicólogos de cães são formados em biologia, psicologia, medicina veterinária e zootecnia.

Como você percebeu, um psicólogo de cachorro é muito importante para trazer aquela vibe alegre para a vida do seu melhor amigo de novo. Se você curtiu o nosso post, não deixe de compartilhar nas suas redes sociais agora mesmo!

 

3 comentários em “Afinal, será que seu pet está precisando de um psicólogo de cachorro?

  1. Lorena disse:

    Amei muito as dicas!
    Não sabia q existia psicólogo pra cães!

    1. Nuno Nuno disse:

      Tá vendo como somos problemáticos? hehehe

  2. Vangela Silva Queiroz disse:

    Meu cachorro precisa de um psicólogo!!! Ela vai para a sacada e fica latindo para os carros, é olha que moro no último andar de um predio, não faz xixi no pipi dog como fazia antes. Faz do lado!!! Socorro… senhor psicólogo na ajuda!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *