Cuidados

Conheça os principais tipos de coleiras para cachorro e escolha o melhor

E aí galerinha? Tudo naquela vibration? Olha, hoje o artigo é sobre os principais tipos de coleiras e guias, e tem tanta coisa sobre o assunto pra falar que o artigo seria quase que infinito. E pra não ficar chato, fizemos um resumo com os principais pontos que você precisa saber pra escolher a melhor pro seu amigo. Bora!

Ao escolher uma coleira para nosso melhor amigo, temos de levar em consideração um monte de coisas além da beleza do acessório, como a segurança e o conforto. No mercado, existem vários tipos de coleiras diferentes disponíveis, com variados materiais, cores, tamanhos e formatos.

Cada modelo apresenta uma finalidade específica, e é importante ficar atento a isso para garantir um melhor aproveitamento do produto.

Vamos passear?

Não precisa nem terminar essa frase para ver os dogs cheios de animação. A hora do passeio certamente é a melhor parte do dia, então por que não tornar esse momento ainda mais legal e prazeroso?

Antes de conhecer os principais tipos de coleira, é importante saber os cuidados básicos na hora do passeio, como dar uma olhada nos ajustes da coleira para garantir o conforto, de modo que não fique apertada demais, e a segurança, evitando que fique muito larga e possibilite uma fuga.

Tipos de coleira

No momento de escolher, temos de avaliar o porte do animal, afinal, um modelo escolhido para um Buldogue Francês, por exemplo, nem sempre será o mesmo indicado para um Golden Retriever. Então, devemos ficar atentos a alguns pequenos detalhes.

Os principais modelos são:

Coleira de pescoço

Esse modelo é um dos mais conhecidos e usados. Ele é indicado para aquele uso caseiro e para pendurar tags de identificação, mas, caso seu peludo seja bem-comportado, pode também ser usado para passeios.

tipos de coleira para cachorro de pescoço

Gentle leader

De início, pode parecer um pouco desconfortável, mas fique relax, ela não causa desconforto ao seu dog. Esse modelo pode demandar um pouco mais de paciência para a adaptação do cão, porque principalmente nos primeiros dias, ele pode tentar tirar. É muito indicado em casos em que ele puxa muito, é dominante, hiperativo ou medroso, ajudando a mudar o comportamento em poucos minutos.

tipos de coleira para cachorro

Peitoral

Por prender o animal pelo peito, esse modelo é mais comum em cães de porte pequeno e com menos força, pois dá mais autonomia para que o animal consiga puxar quem o estiver conduzindo. Existem os modelos do tipo H e do tipo malha, onde um tecido acolchoado abraça o peito do animal. E lembre-se: nunca se deve levantá-lo puxando pela guia, pois isso pode causar danos à sua saúde física.

tipos de coleira

Easy-walk

Conhecido também como anti-puxão, esse modelo se difere por prender a guia na parte da frente. Por isso, quando o cão puxar, ela fará com que ele seja rotacionado para dentro, dando muito mais controle ao dono e evitando que o cão puxe sem causar dor ou algum incômodo. Esse modelo tem aparência bem semelhante ao modelo peitoral e tem sido bem comum na indicação de quem tem dificuldades com cães anti-sociais.

Todos esses modelos não foram criados para machucar ou ferir o pet, então, fique sempre atento ao comportamento durante o uso.

Outros acessórios

Assim como as coleiras, quando o assunto é guia, também podem surgir dúvidas sobre a mais adequada. As principais opções são as curtas, longas, retráteis e amortecedoras. Elas possuem características que trazem mais conforto ao tutor e auxilia de acordo com cada comportamento. É importante também que os tutores levem em consideração o porte e o tipo de pelo do animal, pois tudo isso influencia no momento de escolher a guia mais adequada, e levar em consideração os tipos de ganchos que existem, verificando se são resistentes, seguros e fáceis de soltar em casos de emergência.

Os materiais mais comuns, tanto para as guias quanto para as coleiras, são nylon, couro e tecido, com os mais diversos desenhos e estilos. Não vão faltar opções pra combinar com seu estilo! Além das coleiras e guias, se você leva seu amigo para passear de carro, saiba mais sobre o cinto de segurança para cachorro.

Ah, vale lembrar que da mesma forma que existem pessoas viciadas em roupas e sapatos, também temos aquelas apaixonadas por peças para os peludos. A enorme variedade de produtos disponíveis nas lojas garante a felicidade dos donos que acabam fazendo coleções. Se você é uma dessas pessoas, você pode organizar a sua coleção de coleiras usando um porta coleiras e guias por exemplo, e deixar seu ambiente com mais personalidade ainda!

Curtiu, comentou, compartilhou e deixou a gente feliz! E pra não esquecer, segue a gente no Instagram, curte nossa página no Facebook e se inscreva no nosso Canal do YouTube para ter acesso a mais conteúdos legais!

 

Posts Relacionados

5 comentários em “Conheça os principais tipos de coleiras para cachorro e escolha o melhor

  1. Avatar Flavi disse:

    Adorei o artigo. Inclusive, é um item essencial para a segurança dos pets! Puppy foi resgatado e a primeira coisa que fiz foi ir na PetShop para comprar uma coleira e uma guia. Que decepção: a guia se desprendeu da coleira na loja mesmo (Ainda bem neh, só faltava ele sair desembestado que nem loko). Trocamos por de outra marca. Tive muita dificuldade em usar a coleira, pois ele puxava muito e acabava forçando o pescoço e se engasgando… era assustador. Troquei por uma peitoral. Apesar de ser de porte médio, ele pesa 15kg, quando resgatei estava bem mais leve… eu não tenho dificuldade em conduzir mesmo dando muita liberdade para ele puxar. Mais um problema: as peitoras estavam fazendo um machucado nos “suvaquinhos” do Puppy. Foi quando descobri as peitoras Mesh e foi só alegria. Eu assumo que tenho pre conceitos em relação a Gentle Leader, já vi cães passeando e a coleira literalmente estava dentro dos olhos do animal… Aqui no condominio, a maioria que tem problema com cachorros fortes e que puxão muito, usam a Easy-Walk, é uma unanimidade por aqui. Estou querendo comprar uma guia longa, para am alguns lugares dar maior mobilidade para ele poder brincar, já que não solto o Puppy em lugares abertos, mas só agora encontrei uma guia dessa, com um mosquetão que perece ser seguro. Gostaria de ver um artigo sobre focinheiras também, pois é um acessório polêmico mas de extrema necessidade.

  2. Avatar Camila Novaes disse:

    Arrasaram nesse artigo, as pessoas têm muito preconceito ainda com a gentle leader, mas tenho vontade de usar também!!
    Aqui usamos a de pescoço e a peitoral normal, Pipe é bem tranquilo nos passeios.

  3. Avatar Raquel disse:

    Aqui em casa Laka usava coleira de pescoço e o peitoral no carro. Mas agora estamos testando a antipuxao. E estamos tendo resultados positivos!
    Mais um artigo top!

  4. Avatar Tatiana Moura disse:

    Por aqui Sherlock e Lakshmi usam: coleira de pescoço 24 horas por dia com a TAG de identificação, durante os passeios saímos com a coleira e a peitoral, eles passeiam melhor com peitoral do que com coleira. Já as guias, variam de acordo com os passeios 🙂
    Mais um super artigo !!
    Adorei

    1. Nuno Nuno disse:

      Oi Tati! Que ótimo saber! Os tipos de coleira influenciam muito no comportamento nos passeios e é sempre bom estar ligado no que é melhor tanto para o pet quanto para o tutor. Obrigadooooo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *