Cuidados

Seu cachorro pode fugir de casa? Veja como impedi-lo!

seu cachorro pode fugir de casa 1

Se o seu cachorro não pode ver o portão aberto que já quer correr para encontrar seus amiguinhos na rua, te deixando de cabelos em pé de preocupação, você está no lugar certo!

Antes de qualquer coisa, é preciso deixar bem claro que o que faz seu dog fugir de casa não é falta de amor ou algo parecido. As fugas estão relacionadas, basicamente, a questões instintivas, hormonais ou a necessidade de explorar.

Para lhe ajudar, preparamos este artigo com algumas dicas para deter os fujões e devolver sua tranquilidade. Vamos lá?

Considere a possibilidade de castração

O cio é um dos principais motivos para a fuga do cão, pois estimula tanto a fêmea quanto o macho, que sente de longe o cheiro da cadela no cio. Por isso, se você não for criador e não tiver a intenção de cruzar o animal, considere a possibilidade de castrar o seu dog. O ideal é que a castração seja feita logo nos primeiros meses de vida.

Além dos benefícios relacionados à saúde do animal e controle da reprodução não planejada, a castração deixa os cachorros mais calmos. Se for macho, ele não se interessará mais em procurar cadelas no cio pela região, e se for fêmea, além de não entrar mais no cio, o interesse pela rua diminuirá consideravelmente.

Ensine os comandos básicos

Já falamos aqui no blog sobre o adestramento de cachorros e como é feito, mas é sempre bom reforçar a importância de fazê-lo da maneira correta e ensinar os comandos básicos para o peludo. Isso garante que ele seja mais obediente e respeite suas ordens, principalmente nos momentos em que a porta estiver aberta, facilitando a fuga.

Faça com que ele se sinta protegido

Além de proporcionar um local confortável onde ele esteja protegido da chuva, do frio e do calor excessivo, é importante triplicar os cuidados com os cães em datas que costumam ter queima de fogos, como festas de final de ano e dias de jogos de futebol. Isso porque a maioria dos animais sentem muito medo do barulho dos fogos e podem tentar fugir no momento de desespero.

Reforce a segurança em casa

Colocar um segundo portão pode ser um reforço para a segurança do seu cachorro, pois mesmo que um deles esteja aberto, ainda haverá uma outra barreira, evitando a fuga do animal. Não precisa ser nada muito elaborado, muitas vezes um portão de madeira ou aqueles removíveis para cães e crianças já dão conta de segurar a fera. O importante é ter um bloqueio que dificulte a saída do fujão.

Outra forma de garantir a integridade do seu peludo é colocar tela de proteção em janelas e varandas, principalmente se você mora em apartamento ou sobrado, onde o animal corre mais riscos de se machucar em situações que eles estejam assustados ou com medo.

Passeie regularmente com o peludo

Os passeios são fundamentais para a saúde física e psicológica do animal, principalmente para os que são hiperativos, destruidores e ansiosos. Passear regularmente com seu dog com certeza o deixará muito mais tranquilo e menos curioso com o “parque de diversões” que ele vê nas ruas.

Mas lembre-se de sempre conferir se ele está devidamente identificado antes de sair de casa, ok? Para isso, a Dog Vibe oferece diversas opções de modelos e cores de Tags para todos os tamanhos de cachorro. E o melhor de tudo: já entrega a peça gravada de forma que os dados não se apaguem com o tempo.

Agora que você já sabe o que fazer para o seu peludo não fugir de casa, confira também quais os cuidados devem ser tomados ao deixar seu cachorro sozinho.

banner post blog

Posts Relacionados